Projeto garante proteção da saúde vocal aos professores do Ceará


O P.I. 073/2019, de autoria do Deputado André Fernandes, institui, no âmbito do Estado do Ceará, o Programa de Proteção da Saúde Vocal dos Professores da Rede Pública Estadual do Ceará, com o objetivo de atuar na prevenção e orientação de correção dos distúrbios e patologias da voz, bem como, de suas consequências no processo de ensino-aprendizagem.


A carreira docente é uma das que apresentam o maior risco para o desenvolvimento de um problema vocal, também chamado disfonia. A falta de treinamento vocal e o conjunto de condições desfavoráveis do ensino são fatores que predispõem a tal problema. A promoção de saúde vocal, por meio de ações de orientação e treinamento, e a ação do tratamento das disfonias com objetivo de construir novos comportamentos vocais são maneiras eficientes de cuidar da saúde da voz.

Conforme Fernandes, a ocorrência dos problemas da voz exige tratamento médico e fonoaudiológico o que sobrecarrega os serviços responsáveis pela saúde do servidor estadual e, quando são mais graves, levam à readaptação tirando professores das salas de aula. “Restabelecer a saúde vocal, criar condições para que o professor exerça suas atividades em sala de aula e reduzir o número de professores afastados por problemas vocais”, Pontua André.


O Programa será integrado por equipe multidisciplinar permanente, constituída por técnicos da Secretaria do Planejamento e Gestão, da Secretaria de Educação e da Secretaria da Saúde.